domingo, 3 de abril de 2011

John Wesley – Cinebiografia sobre o avivalista britânico – Confira…

Postado por: Edson Araújo às 13:02 Comente


Começa a ser lançado em DVD nos Estados Unidos o longa Wesley: Um coração transformado pode mudar o mundo (Wesley: A heart transformed can change the world, Estados Unidos/Inglaterra, 117 minutos, 2009), cinebiografia sobre o avivalista britânico que lançou as bases do metodismo e revolucionou espiritualmente o seu país. Personagem dos mais significativos do cristianismo nos últimos séculos, Wesley teve uma trajetória pessoal tão rica que só poderia mesmo ter virado filme. E um filme com vários elementos de ação, como romance, drama, aventura, suspense e, claro, tocantes momentos que dão bons ápices de emoção.

Confira trailer do filme:






Produzido de forma independente pela Foundery Pictures, em parceria com o Christian History Institute e a Comenius Foundation, o filme tem em John Wesley
Em cena marcante, Wesley (Burgess Jenkins) diz aos bispos: “O mundo é minha paróquia”.
(interpretado pelo expressivo Burgess Jenkins, de Duelo de titãs e da série One tree hill) seu protagonista, mas também conta a trajetória de Charles (Keith Harris, dos seriados Beverly Hills: 90210 e Dawson´s Creek), seu irmão e um dos mais prolíficos autores de hinos religiosos de todos os tempos, com mais de 6 mil composições.
A obra é focada na jornada espiritual da dupla e em sua vida piedosa, ambientada no período conturbado que atravessava a Inglaterra no período em que viveram, marcado pelo início da Revolução Industrial e pela extrema pobreza de grande parte da população.Retratar toda essa complexidade e mostrar a importância do líder protestante, mas sem idealizá-lo, talvez seja o grande mérito do longa. “A dificuldade maior foi sistematizar tudo o que aconteceu e juntar os sempre presentes conflitos e ação com a transformação pela qual passa um homem que poderia ser tudo, menos estereotipado”, diz o reverendo John Jackman, diretor do filme.

TOM INTIMISTA
Wesleyfaturou prêmios de efeitos especiais, fotografia e iluminação em prestigiados festivais. Tratando-se de fotografia, com muita justiça, já que a reconstituição de ambientes é realmente impressionante. Os cenários são deslumbrantes – alguns em locações originais do século 18 – e os figurinos, autênticos. Assim, Jackman consegue êxito ao rodar uma película épica, temperada com situações dramáticas, como o tumultuado romance com Sophy Hopkey (Carrie Anne Hunt), uma linda história de amor que termina de forma trágica. Em parte, esse tom intimista se deve muito ao fato de o filme ter sido baseado nos célebres diários do pregador, um clássico da espiritualidade moderna.
Pena que ainda não há previsão de lançamento da obra no Brasil. Fica a torcida para que ela chegue logo e venha acompanhado da fórmula adotada no exterior: lá, em vez de se proibir a exibição em lugares públicos, as igrejas têm recebido incentivos e autorizações especiais para passar o filme abertamente, como estratégia de evangelização. Se fosse vivo, John Wesley, que notabilizou-se pelos arrebatadores sermões na entrada de minas de carvão, certamente aplaudiria a iniciativa.


Fonte: Evangelismo e Missões

Ninguém comentou :(

Postar um comentário

EM CASO DE DÚVIDAS:
- Seu comentário de preferência precisa ser relacionado com o assunto do post;
- Link quebrado ou algo assim, POR FAVOR avise o mais rapido possivel para que possamos corrigir;
- Cuidado com as palavras, não use palavrões e nem palavras que venham a ofender alguém. Comentários desse gênero não serão publicados;
- Se quiser deixar sua URL, comente usando a opção OpenID;
- Com as suas dúvidas exclaressidas... opine, discuta, verbalize, interaja;

QUE A GRAÇA E A PAZ DO NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO ESTEJA COM TODOS VOCÊS!

VOLTE SEMPRE!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p