quarta-feira, 6 de abril de 2011

Igrejas “fálidas” se transformam em bares, hotéis e restaurantes

Postado por: Edson Araújo às 17:34 Comente

As mudanças não agradam o Vaticano mas conquistam o público em diversas cidades do mundo
Algumas igrejas nas cidades de Dublin (Irlanda), Liverpool (Inglaterra), Nova York (EUA) e Amsterdã (Holanda) deixaram de atrair público religioso e passaram a chamar atenção dos jovens que procuram diversão, pois nesses templos hoje funcionam bares, hotéis e restaurantes.
Em Dublin a igreja St. Mary Church deu lugar ao bar e restaurante The Church que atrai cerca de 600 mil pessoas por ano. O templo foi construído no começo do século 18, e funcionou como igreja até 1963.
A ideia de transformar o prédio, que caía em ruínas, foi do dono de um bar do outro lado da rua. O edifício passou por uma meticulosa reforma que durou sete anos até ser reaberto, em 2005, com o nome de John M. Keating’s Bar. Dois anos mais tarde, foi revendido e ganhou o nome atual.
Já em Liverpool o prédio da Igreja St. Peter se transformou no bar e restaurante “Alma de Cuba” que oferece aulas de salsa, noites latinas e festas carnavalescas. Mas nem tudo lá é profano, o espaço oferece aos domingos apresentações com um coral gospel, o Soulful Voices.
O bar faz muito sucesso na cidade inglesa mesmo rompendo com a influência religiosa. Quer dizer, além das apresentações do coral gospel os donos publicaram dez mandamentos no menu, mas não são os mandamentos bíblicos: “Você até pode chegar sozinho, mas deve se esforçar para nunca sair sozinho” e “Não se surpreenda ou fique triste com o preço da vodca dupla com RedBull, um coquetel é muito melhor para a alma” são exemplos do que está escrito no cardápio..
Na capital Holandesa o antigo Orfanato Saint Elisabeth, construído em 1890 deu espaço ao Hotel Arena fundado em 1992. O conceito do lugar é dormir, beber, comer e badalar.
Lá, a capela é hoje uma casa noturna com programação aberta ao público dez vezes ao mês e nos outros dias, é reservada para festas privadas.
Em Nova York também há igreja que se transformou em bar, trata-se da Episcopal Church of Holy Communion, que a partir de 1983 ficou conhecida como a boate The Limelight. A casa ganhou até música de Steve Taylor – This Disco (Used to be a Cute Cathedral), algo como “Esta boate era uma bela catedral”.
Hoje, depois de uma reforma de U$S 15 milhões, o prédio foi rebatizado de LimeLight Marketplace. Com quase 50 lojas, preserva pouco da antiga balada, mas mantém os vitrais da igreja.

Com informações  Estadão

Ninguém comentou :(

Postar um comentário

EM CASO DE DÚVIDAS:
- Seu comentário de preferência precisa ser relacionado com o assunto do post;
- Link quebrado ou algo assim, POR FAVOR avise o mais rapido possivel para que possamos corrigir;
- Cuidado com as palavras, não use palavrões e nem palavras que venham a ofender alguém. Comentários desse gênero não serão publicados;
- Se quiser deixar sua URL, comente usando a opção OpenID;
- Com as suas dúvidas exclaressidas... opine, discuta, verbalize, interaja;

QUE A GRAÇA E A PAZ DO NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO ESTEJA COM TODOS VOCÊS!

VOLTE SEMPRE!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p