sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

O perigo da paixão na juventude!

Postado por: Edson Araújo às 22:06 Comente

amar 7467 150x150 O perigo da paixão na juventude! Atualmente no meio jovial, e na adolescência é muito comum às chamadas “paixonites”, onde acontece o encontro de dois seres que se sentem atraídos física e emocionalmente. Mais como diferencia paixão, de amor? Aliás, qual a diferença entre os dois?
Ora leitor, digo-lhes, pois que há muita diferença. Na verdade o modo o qual estes dois sentimos inferem na vida de uma pessoa pode ser drástico. Um exemplo disto é quando um dos dois lados (homem ou mulher) se vê na obrigação de conquistar o outro.
Ai sim começa o perigo. Você deve estar se perguntando, qual o “danger” da situação, não é? Pois bem. Você já ouviu falar que quando alguém está apaixonado, faz de tudo para ter a pessoa amada? Pois é, isso ocorre muito nessa idade. Vou lhe contar uma história, que um dia li na internet, que aliás um ótimo meio de descobertas, porém esconde alguns perigos, que eu falarei em outro artigo.
Agora voltemos a história.
Ela: Alô?
Ele: Alô, sou eu!
Ela: (Ela fica em silêncio um tempo) …Você de novo?
Ele: Não desliga! Deixe eu te falar algo!
Ela: …
Ele: Olha, eu sei que a gente terminou, mas… Eu ainda te amo! Tudo bem se não quiser mais ficar comigo… Mas não precisa parar de falar comigo! Você prometeu que nunca iria sair do meu lado, não importa o que aconteça, não é?
Ela: (Silêncio) …Você ainda não se tocou garoto? Eu quero te esquecer.
Ele: Eu entendo, mas ainda podemos ser amigos.
Ela: Não, não podemos.
Ele: Por quê?
Ela: …
Ele: A gente era feliz, não? A gente se divertia muito juntos… Soh de olhar um pro outro, já sorriamos… Poucas palavras já faziam nosso dia valer a pena, não é??
Ela: …É…
Ele: Então por quê?
Ela: …
Ele: Responde.
Ela: Por que eu não quero mais te ver. Você me fez chorar muito.
Ele: Eu sei, mas eu também te fiz sorrir muito, não? Eu sei que eu não devia ter duvidado de você…
Ela: Agora é tarde.
Ele: Mas-
Ela: Adeus.
Ele: Espere, eu te-
(Ela desliga o telefone)
ALGUNS DIAS DEPOIS
(O telefone toca)
Ela: Alô?
Ele: Oi, sou eu de novo!
Ela: Aff, oq você quer dessa vez?
Ele: Calma! Só quero te fazer uma pergunta…
Ela: (Silencio) …Fala.
Ele: Você me amou?
Ela: Amei.
(Os dois ficam em silêncio um tempo)
Ele: Que bom… Quer dizer que não foi tudo mentira… Hey, posso te dizer uma coisa?
Ela: Diga.
Ele: Eu ainda te amo, ok? Sempre vou te amar. Eu te prometo, não importa quanto tempo passe, eu sempre vou te amar.
Ela: (Silencio) …Aham, sei.
Ele: É verdade!
Ela: …
Ele: Você tá aí?
(Ela desliga o telefone)
UM MÊS SE PASSOU.
(O telefone toca)
Ela: Alô?
Ele: Sou eu, não desliga!
Ela: Por que não deveria?
Ele: Olha, por favor, vamos terminar esse assunto. Para de me evitar. Nem consigo te ver no colégio mais!
Ela: Eu me mudei de colégio.
Ele: Hã? Por quê?
Ela: Não quero mais te ver.
Ele: …..
Ela: E então? O que você queria me dizer?
Ele: Por quê você age como se quisesse me machucar?
Ela: (Silencio)
Ele: Hein?
Ela: E você não me machucou?? Você jurou que ia confiar em mim!!
Ele: ….
Ela: Você só fez promessas e as quebrou depois!
Ele: ….
Ela: Por que não me esquece, hein?
Ele: Por que o dia em que eu me esquecer de você… Eu terei morrido.
Ela: Então morra.
(Desliga)
MAIS ALGUNS MESES SE PASSARAM. O GAROTO CONTINUOU LIGANDO PRA ELA, MAS ELA PAROU DE ATENDER OS TELEFONEMAS. ATÉ QUE UM DIA, POR ALGUM MOTIVO ELA ATENDEU.
Ela: Alô?
Ele: Sou eu.
Ela: O que quer agora?
Ele: Calma, não desliga. Não vim correr atrás de você.
Ela: Hã?
Ele: Sim, eu esqueci de você.
Ela: (Silêncio)
Ele: Só liguei pra dizer isso.
Ela: Por que você decidiu me esquecer? (com a voz tremula)
Ele: …Por que você pediu.
Ela: Como assim?
Ele: Eu te amo e sempre vou te amar. Mas vou esquece-la.
Ela: O que? Eu não to entendendo!
Ele: Adeus.
Ela: O que? ESPE-
(Mas ele já havia desligado o telefone)
UM MES SE PASSOU E O GAROTO NUNCA MAIS LIGOU. A GAROTA COMEÇOU A FICAR PREOCUPADA COM ELE. UM DIA ELA DECIDIU IR À CASA DO GAROTO, PARA VER COMO ELE ESTAVA. UMA SENHORA ATENDEU A PORTA.
Ela: Oi.
Mãe: Olá… (a mãe do garoto demora um pouco, mas reconhece a ex do filho) Há quanto tempo! O que faz aqui?
Ela: Eu vim ver como o seu filho está.
Mãe: (começa a chorar)
Ela: Senhora, o que houve?
Mãe: (chorando) Você não ficou sabendo?
Ela: Do que?
Mãe: Ele… Se matou.
Ela: O que?? (os olhos dela se enchem de lagrima)
Mãe: (chorando) Creio… Que foi pra você que ele deixou essa carta.
A GAROTA PEGOU A CARTA E FOI PRA CASA. ELA CHEGOU EM CASA, SE TRANCOU NO QUARTO, SENTOU NA CAMA E COMEÇOU A CHORAR. SOMENTE ALGUMAS HORAS DEPOIS ELA TEVE CORAGEM DE ABRIR A CARTA.
“Eu sei que quebrei uma promessa quando não confiei em você… Mas não quero quebrar mais nenhuma… Agora eu posso dizer… Eu esqueci de você.”
A GAROTA ENTENDEU QUE AQUELE ULTIMO TELEFONEMA DO GAROTO FOI UMA DESPEDIDA. ELE HAVIA AVISADO A ELA O QUE ELE FARIA E ELA NÃO HAVIA ENTENDIDO. O GAROTO HAVIA CUMPRIDO A PROMESSA DE QUE AMARIA ELA ATÉ O FINAL E QUE SÓ ESQUECERIA DELA QUANDO MORRESSE. O GAROTO SÓ QUIS PROVAR PRA ELA QUE CUMPRIRIA SUAS PROMESSAS DE UM JEITO OU DE OUTRO.
O QUE O GAROTO NÃO SABIA É QUE TODO DIA A GAROTA ESPERAVA PELOS TELEFONEMAS DELE. E SEMPRE QUE ELA DESLIGAVA, ELA COMEÇAVA A CHORAR. POR MAIS QUE A GAROTA DISSESSE QUE QUERIA ESQUECE-LO, ELA APENAS ESTAVA TENTANDO CONVENCER A SI MESMA DISSO. A GAROTA SEMPRE HAVIA O AMADO. MAS NÃO QUERIA ADMITIR.
NO DIA SEGUINTE, A GAROTA FOI ENCONTRADA ENFORCADA EM SEU QUARTO COM UMA CARTA ONDE ESTAVA ESCRITO:
“Você cumpriu suas promessas, agora eu tenho de cumprir a minha. Eu ficarei ao seu lado, não importa o que aconteça.”
OS DOIS CUMPRIRAM SUAS PROMESSAS. MAS OS DOIS SE ARREPENDERAM DE APENAS UMA COISA. SE ARREPENDERAM DE NÃO TEREM CUMPRIDO-AS JUNTOS. EM VIDA.
Lucas de Andrade
MAIS ESPERE, ATENÇÃO…
E quando a história termina assim? É lindo? Pode parecer, mais é confirmado biblicamente que o suicídio remete a uma vida no inferno. Então por que isto aos nossos olhos é lindo, agradável, e normal? Simples! O OCULTISMO, já ouviu falar? É muito normal encontrarmos este meio de pressão, em desenhos e textos, não bíblicos. Na verdade o foco é manter sua atenção, e fazer com que você se acostume com essas histórias. Tá você deve estar se perguntando onde a bíblia cita que o suicida vai para o inferno não é? Olhe, na verdade há dois pecados no suicida. O primeiro é quebrar um mandamento de Deus. Qual? “Amai aos outros como a si mesmo”. Mais como amar aos outros, se ele não se ama, e não se aceita? Sim. O suicida não aceito a vida que tem e por isso, se mata. Outro mandamento, é o “Não matarás”, a Bíblia interpreta o suicídio como um auto assassinato. Enfim, está mais do que comprovado que essas histórias de amor que parecem bonita aos nossos olhos, guardam segredos.
Analise sua paixão, e não deixe que seja assim, ou termine assim. Amor de verdade não vem de repente, vem com o tempo. Se nasceu aproveite, ore, e saiba o que Deus quer para sua vida. Fique na paz do Senhor, e até o próximo artigo.

Ninguém comentou :(

Postar um comentário

EM CASO DE DÚVIDAS:
- Seu comentário de preferência precisa ser relacionado com o assunto do post;
- Link quebrado ou algo assim, POR FAVOR avise o mais rapido possivel para que possamos corrigir;
- Cuidado com as palavras, não use palavrões e nem palavras que venham a ofender alguém. Comentários desse gênero não serão publicados;
- Se quiser deixar sua URL, comente usando a opção OpenID;
- Com as suas dúvidas exclaressidas... opine, discuta, verbalize, interaja;

QUE A GRAÇA E A PAZ DO NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO ESTEJA COM TODOS VOCÊS!

VOLTE SEMPRE!

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p